sexta-feira, 28 de julho de 2017

Estuda, tchê: Cronologia histórica

Bora estudar?
Então pega o caderninho e vamos lá!!!


CRONOLOGIA HISTÓRICA

1492 – Colombo descobre a América, chegando às ilhas da América Central. 

1500 – Cabral chega ao Brasil, desembarcando nas costas da Bahia. 

1501 – Caravelas portuguesas, primeiro e logo depois as espanholas começam aparecer nas costas gaúchas , mas sem desembarque, por que as praias ali eram perigosas e não existia portos naturais.

1531 – Os navegantes portugueses Martim Afonso de Souza e Pero Lopes, sem desembarcar nas praias gaúchas, batizam com o nome de “Rio Grande de São Pedro” a barra que vai permitir mais tarde a passagem de navios do Oceano Atlântico para a Lagoa dos Patos. 

1626 – O padre jesuíta Roque Gonzalez de Santa Cruz, nascido no Paraguai, atravessa o rio Uruguai e funda o povo de São Nicolau, assinalando oficialmente a chegada do homem branco ao território gaúcho. Na realidade não se sabe quem foi o primeiro branco a chegar aqui, por que nesse mesmo ano, ao visitar o rio Guaíba (Iguaí) o padre Roque já encontrou na região onde hoje está a cidade de Porto Alegre navios portugueses comerciando com os índios. Evidentemente, esses navios tinham vindo pelo mar, forçando a barra do Rio Grande e atravessando a Lagoa dos Patos. 

1634 – O padre jesuíta Cristobal de Mendonza Orellana (Cristóvão de Mendonça) introduz o gado nas Missões Orientais, o que vai justificar mais tarde o surgimento do “gaúcho”. 

1641 – Os jesuítas são expulsos do Rio Grande do Sul pelos Bandeirantes depois de fundarem 18 reduções ou povos. Essas aldeias foram todas arrasadas e o gado, um pouco foi escondido na Vacaria dos Pinhais, outro pouco eles levaram para Argentina na sua fuga e a maior parte se esparramou, virando “chimarrão”, que quer dizer selvagem. Graças ao padre Cristovão Mendonça, esse gado, que não tinha marca nem sinal, ficaram também chamados orelhanos. 

1680 – Finalmente Portugal resolve marcar presença na região Sul para enfrentar o expansionismo espanhol: Dom Manoel Lobo funda a Colônia do Santíssimo Sacramento, que vai ser decisiva para o surgimento do gaúcho. 

1682 – Os bandeirantes estão ocupados com o ouro e as pedras preciosas das Gerais, esquecendo os nossos índios. Voltam então os jesuítas espanhóis ao solo gaúcho fundando primeiro São Francisco Borja, hoje a cidade de São Borja, o mais antigo núcleo urbano do Rio Grande do Sul. Entre 1682 a 1701 eles fundaram 8 povos em território gaúcho, dos quais 7 prosperaram, chamados então : “os 7 povos das Missões” – São Francisco Borja; São Nicolau; São Luiz Gonzaga; São Miguel Arcanjo; São Lourença Martin; São João Batista e Santo Ângelo Custódio. 

1750 – Assinado o “Tratado de Madrid” entre Portugal e Espanha, pelo qual os portugueses dão aos espanhóis a Colônia de Sacramento e recebem em troca Os 7 Povos das Missões. Os padres jesuítas espanhóis não se conformam com a troca e os índios missioneiros se revoltam. Vai começar a chamada “Guerra das Missões”. 

1756 – A 7 de fevereiro morre em uma escaramuça o índio José Tiarayu, “o Sepé” junto a Sanga da Bica (hoje dentro do perímetro urbano de São Gabriel) morto pelas forças espanholas e portuguesas, três dias mais tarde ocorre o massacre de Caiboaté (ainda no município de São Gabriel) onde uma hora e 10 minutos os exércitos da Espanha e Portugal mataram quase 1500 índios e tiveram apenas 4 baixas. Em Caiboaté foi vencida a resistência missioneira definitivamente. Ao abandonarem as Missões os jesuítas carregaram o que puderam e incendiaram lavouras, casa e até igrejas. 

1762 – Assinado o “Pacto da Família”, que anulou praticamente o Tratado de Madrid. Ou seja, Os 7 Povos das Missões continuaram sob o domínio da Espanha e a Colônia do Sacramento continuou portuguesa. 

1763 – Tropas espanholas invadem o Brasil apoderando-se do Forte de Santa Tereza e da cidade de Rio Grande e de São José do Norte. No período da dominação espanhola começa a brilhar um herói autenticamente gaúcho: Rafael Pinto Bandeira.

1776 – Os espanhóis são expulsos do Rio Grande. Mas o forte de Santa Tereza jamais foi recuperado. Hoje está em território “uruguaiano”. 

1780 – O cearense Domingos José Martins funda em Pelotas a primeira charqueada com características empresariais. Logo as charqueadas vão ser decisivas na economia gaúcha. O negro entra maciçamente no Rio Grande do Sul, como escravos das Charqueadas. 

1801 – Três heróis rio-grandense, com poucos seguidores, conquistam para Portugal os 7 Povos das Missões, aumentando em 1/3 o mapa do Rio Grande do Sul. São eles: José Borges do Canto, Manoel dos Santos Pedroso e Gabriel Ribeiro de Almeida. 

1808 – Acossada pelas tropas napoleônicas a família real portuguesa foge para o Rio de Janeiro. 

1810 – Começa “El AÑO DIEZ”, marco da libertação das colônias espanholas da América. 

1811 – Pedro José Vieira, vulgo “Perico, el Bailarín”, que era gaúcho de Viamão, acompanhado pelo uruguaio Venâncio Benavidez dá o “Grito de Asencio” que o primeiro grito da independência do Uruguai. Surge o grande herói uruguaio José Artigas. 

1815 – Tropas brasileiras e portuguesas tomam Montevidéu anexando o Uruguai ao Brasil com o nome de província Cisplatina. Nessas lutas até a independência final do Uruguai aparece e ganha prática e galões Bento Gonçalves da Silva. 

1822 – O príncipe português Pedro de Alcântara, da casa de Bragança, proclama a independência do Brasil e é aclamado como Imperador, com o nome de D. Pedro I. 

1824 – A 18 de julho desembarcam em Porto Alegre, os primeiros 39 colonos alemães. A 25 de julho eles se instalam nas margens do rio dos Sinos, na Real Feitoria do Linho Cânhamo, hoje cidade de São Leopoldo. 

1827 – A 20 de fevereiro acontece a “batalha do Passo do Rosário”, onde tropas uruguaias e argentinas, que tinham invadido o Rio Grande do Sul, se enfrentam com tropas brasileiras. Os maiores heróis das 3 pátrias tomaram parte da batalha, onde morreu o Marechal José de Abreu, chamado pelos seus soldados o: “ Anjo da Vitória”. Apesar das declarações vitoriosas dos exércitos, não houve vencedores. 

1828 – É proclamada definitivamente a independência do Uruguai. 

1835 – Explode a chamada: “Revolução Farroupilha”. A 20 de setembro, os revolucionários comandados por Bento Gonçalves tomam Porto Alegre, capital da Província. As causas são políticas, econômicas, sociais e militares. A Província de São Pedro do Rio Grande do Sul estava arrasada pelas guerras e praticamente abandonada pelo Império do Brasil, meio desgovernado depois da Volta de Dom Pedro I a Portugal. 

1836 – A 11 de setembro o coronel farroupilha Antonio de Souza Neto, depois de uma estrondosa vitória sobre as forças imperiais brasileiras no Seival, proclama a Republica Rio-grandense. Nesse mesmo ano Bento Gonçalves da Silva é aprisionado após a batalha da ilha do Fanfa e enviado com muitos oficiais farrapos ao Rio de Janeiro e depois para o Forte do Mar, na Bahia. O governo da nova Republica se instala em Piratini e Bento Gonçalves é eleito Presidente. Como está preso, assume em seu lugar José Gomes de Vasconcelos Jardim. Piratini é a Capital. 

1837 – Organiza-se o governo republicano. São nomeados Generais: Antonio de Souza Neto, João Manoel de Lima e Silva, Bento Gonçalves da Silva e mais tarde David Canabarro, Bento Manoel Ribeiro e João Antonio da Siqueira. Enquanto durou, a Republica Rio-grandense só teve estes seis Generais. Nesse mesmo ano, a maçonaria consegue dar fuga a Bento Gonçalves, que de volta ao Rio Grande assume a Presidência da Republica. 

1839 – A Republica parece consolidada, a marinha de guerra está sob o comando efetivo de José Garibaldi, corsário italiano trazido ao Rio Grande pelo Conde Livio Zambeccari, através da maçonaria. Os farrapos decidem levar a republica ao Brasil. Um exército comandado por David Canabarro e apoiado pela Marinha de Garibaldi proclama Santa Catarina a Republica Juliana. A Capital da Republica Riograndense passa ser Caçapava. 

1841 – A capital da Republica Rio-grandense passa a ser Alegrete, onde se instala a Assembléia Nacional Constituinte. 

1842 – Bento Gonçalves da Silva, no começo deste ano, se bate em duelo com Onofre Pires, que morre em conseqüência dos ferimentos. Após duelo Bento Gonçalves da Silva entrega o Governo e o comando do exercito republicano. 

1845 – A 28 de fevereiro os farrapos assinam a paz com o Império do Brasil no acampamento do Poncho Verde, em Dom Pedrito. O Rio Grande do Sul volta a fazer parte do Brasil. 

1847 – Morre Bento Gonçalves da Silva em Pedras Brancas, hoje Guaíba. O Grande Herói Gaúcho estava pobre e doente quando terminou a Guerra dos Farrapos. 

1851 – Antigos farrapos, ao lado de seus ex-inimigos, agora todos fazendo parte do exercito imperial brasileiro, derrota o ditador Rosas da Argentina. 

1852 – Nesse ano aparece a primeira pesquisa sobre o folclore gaúcho, uma coleção de vocábulos e frases organizados por Antonio Álvares Ferreira Coruja. 

1857 – Intelectuais gaúchos imigrados na corte, fundam no Rio de Janeiro a primeira entidade e tradicionalista gauchesca, a “Sociedade Sul-rio-grandense”, que existe até hoje. 

1864 – Os gaúchos tomam parte na invasão do Uruguai e na derrota de Oribe. 

1865 - Em conseqüência da guerra do Uruguai, o ditador paraguaio Francisco Solano Lopes, declarando guerra ao Brasil, invade o Rio Grande do Sul, em São Borja. Começa a chamada Guerra do Paraguai. Nesse mesmo ano o Brasil faz aliança com o novo governo uruguaio e com a Argentina e os paraguaios invasores são cercados em Uruguaiana, onde se rendem às tropas da Tríplice Aliança.

1868 – Funda-se em Porto Alegre a “Sociedade Partenon Literário” decisiva para o regionalismo gauchesco. Entre seus grandes nomes Calbre e Fião, Apolinário Porto Alegre, Taveira Junior e Múcio Teixeira. Neste mesmo ano começa o movimento messiânico dos Mukers, em Sapiranga, liderado por Jacobina Maurer. 

1870 – Termina a Guerra do Paraguai com a morte de Francisco Solano Lopes. Mais de 1/3 das tropas brasileiras é constituída por gaúchos, inclusive velhos heróis de 35, como David Canabarro e Antonio de Souza Neto. 

1874 – Os Mukers, depois de três ataques do exercito brasileiro e da Guarda Nacional, são finalmente afogados em um banho de sangue, vencida sua resistência. 

1875 – Começa a imigração italiana no Rio Grade do Sul. Como os imigrantes alemães já tinham ocupado férteis vales fluviais os italianos passaram a ocupar as encostas da Serra. 

1880 – Começa no Rio Grande do Sul a propaganda republicana brasileira, aproveitando os antigos símbolos do republicanismo farrapo. 

1888 – A abolição da escravatura é proclamada no Brasil quando já no Rio Grande do Sul não existia mas escravo. O negro veio para o pampa em 1726, com a frota de João Magalhães. O escravo foi mão-de-obra indispensável nas charqueadas. Como voluntário e liberto lutou com grande bravura na Revolução Farroupilha. Como escravo e bucha de canhão lutou galhardamente na Guerra do Paraguai. Um dos maiores heróis da marinha brasileira foi um fuzileiro negro, gaúcho de Rio Grande, chamado Marcílio Dias. 

1889 – É proclamada a Republica no Brasil. No Rio Grande do Sul o homem do momento é Júlio de Castilhos. O Partido Republicano Rio-grandense, que não esperava a proclamação tão cedo, não estava preparado para assumir o poder. O Rio Grande do Sul, com a Republica, deixa de ser Província e passa a ser Estado. 

1893 – Começa a Revolução Federalista contra o Governo Republicano chefiado por Júlio de Castilhos. Do lado dos revolucionários tomaram parte na Revolução de 93 muitos uruguaios, alguns dos quais do Departamento de San José, os chamados “Maragatos”. Aos poucos esse termo foi sendo usado para designar todos os revolucionários que usavam como símbolo o lenço vermelho ao pescoço. Os guerreiros que lutaram a favor do governo usavam o lenço branco (mais raramente verde) e usava às vezes uma farda azul com gorro da mesma cor encimado por uma borla vermelha. Por isso, foram chamados de Pica-paus. 

1894 – Funda-se em Montevidéu, no circo dos irmãos “Podestá”, a “Sociedade La Criolla”, entidade tradicionalista que existe até hoje. 

1895 – Assinada a paz entre Pica-Paus e Maragatos, termina a chamada Revolução de 93, que foi sangrenta e brutal, com muitas degolas. 

1897 – É finalmente vencida a resistência de Canudos, na Bahia, onde Antonio Conselheiro, com seus jagunços, estava enfrentando com êxito o exército brasileiro. A vitória só é alcançada com uma carga de lança dos cavalarianos gaúchos do Coronel Carlos Teles, de Bagé. 

1898 – Funda-se em Porto Alegre, a 22 de maio, o Grêmio Gaúcho, cujo grande líder é o Major João Cezimbra Jacques, que buscou a inspiração na Sociedade “La Crioulla” de Montevidéu. O grêmio foi a primeira entidade tradicionalista no Rio Grande do Sul. Existe até hoje, embora tenha perdido o seu caráter tradicionalista. Graças ao seu pioneiro, o major João Cezimbra Jacques é hoje Patrono do Tradicionalismo do Rio Grande do Sul. 

1899 – A 10 de setembro é fundada em Pelotas a “União Gaúcha”. Seu grande líder é o genial escritor Simões Lopes Neto. Depois de muitos anos a União paralisou as suas atividades e ressurgiu com atual surto tradicionalista adotando o nome “União Gaúcha J. Simões Lopes. A 16 de setembro funda-se em Bagé o “Centro Gaúcho” de vida efêmera. 

1901 – A 19 de outubro funda-se em Santa Maria o “Grêmio Gaúcho”, inspirado na entidade de mesmo nome fundada em Porto Alegre pelo santamariense Cezimbra Jacques. 

1902 – O movimento messiânico conhecido como “Os Monges do Pinheirinho”, em Encantado é massacrado pela Brigada Militar. 

1917 – Funda-se o primeiro frigorífico no Rio Grande do Sul, aproveitando a oportunidade econômica aberta pela I Guerra Mundial. Os frigoríficos, a rigor, vieram substituir as antigas charqueadas. 

1923 – No começo do ano a Aliança Liberal, chefiada por Assis Brasil, deflagra um revolução contra o Governo republicano de Borges de Medeiros. Novamente lutam nas coxilhas gaúchas, maragatos e governistas, mas estes, agora, são chamados “chimangos”. A paz só é alcançada no fim do ano no castelo de Assis Brasil, em Pedras Altas, Pelotas. 

1924 – Jovens tenentes liderados pelo Capital Luiz Carlos Prestes levantam nas Missões militares e civis contra o governo brasileiro, de Artur Bernardes. Vai começar a odisseia da Coluna Prestes. Poucos anos depois a Brigada Militar viajará até de navio para o nordeste brasileiro a fim de ajudar na caçada da “Coluna Invicta”. 

1926 – A Coluna Prestes continua sua marcha invicta pelos sertões brasileiros. Em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, os irmãos Etchegoyen levantam militares e civis em armas contra o governo. Apesar de vitórias iniciadas o movimento se dissolve sem maiores conseqüências.  

1928 – Registram-se movimentos armados em Bom Jesus. 

1930 – Chimangos e maragatos marcham lado a lado na revolução que derruba o presidente brasileiro, Washington Luiz,  e coloca no poder Getúlio Vargas. Os gaúchos amarram os cavalos no obelisco da Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro, capital da Republica. 

1932 – Revolta em São Paulo e no Rio Grande do Sul contra o Governo Getúlio Vargas. Em Santa Maria e em Soledade antigos chimangos e maragatos lutam nas mesmas fileiras outra vez. 

1935 – Começa no Lagoão, município de Soledade, o movimento messiânico conhecido como “Os Monges Barbudos do Lagoão”. 

1937 – O Rio Grande do Sul tenta resistir à ditadura de Getúlio Vargas mas o Presidente do Estado, Flores da Cunha, prefere evitar o banho de sangue e se asila em Montevidéu. Instaurada a ditadura varguista, o Rio Grande do Sul, como os outros Estados Brasileiros, tem proibidos os seus símbolos: a bandeira, o hino e o brasão.

1938 – A 31 de janeiro é fundada em Lomba Grande a “Sociedade Gaúcha Lomba-grandense”, entidade tradicionalista que com atuação ininterrupta, existe até os nossos dias. Ainda na metade desse ano “Os Monges Barbudos do Lagoão” são trucidados pela Brigada Militar. 

1943 – Tropas gaúchas, inclusive voluntárias, vão lutar na Itália contra as forças Nazistas. Inúmeros gaúchos são condecorados por bravura em combate, inclusive integrantes do 1º Batalhão de caças da FAB, os “Avestruzes”. Em Ijuí, a 12 de outubro, é fundado o “Clube Farroupilha”, para a defesa das ameaçadas tradições gaúchas. Sem interromper as suas atividades o Clube Farroupilha, agora já com forma de CTG (Centro de Tradições Gaúchas) está mais forte que nunca. 

1945 – Como um dos aliados, o Brasil é vencedor da II Guerra Mundial. Por primeira vez é um pais rico! O ditador Getúlio Vargas é derrubado, volta a democracia e o Rio Grande do Sul recupera seus símbolos estaduais. 

1947 – O Rio Grande do Sul, como o Brasil inteiro, está sob bombardeio cultural estrangeiro. O gaúcho é ignorado e até desprezado. Em setembro 8 cavalarianos comandados por Paixão Côrtes, escoltam os restos mortais do General David Canabarro pelas ruas de Porto Alegre. É o primeiro grito de revolta da mocidade gaúcha em defesa das nossas tradições e que tem larga repercussão. Nesse mês realiza-se no Colégio Júlio de Castilhos, em Porto Alegre, a 1ª Ronda Farroupilha, com o acendimento do Candeeiro Crioulo, fandango, escolha da 1ª Prenda e escolha dos gaúchos melhor pilchados. A 1ª Ronda Crioula da historia do Tradicionalismo foi também a mais longa: da zero hora do dia 8 até a meia-noite do dia 20 de setembro. 

1948 – A 24 de abril funda-se em Porto Alegre o “35” Centro de Tradições Gaúchas. Glaucus Saraiva, que dá à entidade a estrutura de uma estância simbólica, é eleito o primeiro Patrão. O “35” CTG forneceu modelo às demais entidades tradicionalistas, deflagrando um autentico Movimento, influindo até mesmo nas entidades anteriores, como a União Gaúcha, a Sociedade Gaúcha Lomba-grandense e o Clube Farroupilha. 

1954 – Instala-se em Porto Alegre, como um órgão da Secretária da Educação e Cultura, o Instituto de Tradição e Folclore, sob a direção do Dr. Carlos Galvão Krebs. Nesse mesmo ano realiza-se em Santa Maria o 1º Congresso Tradicionalista do Rio Grande do Sul. 

1956 – Funda-se em Porto Alegre a Estância da Poesia Crioula, Academia de Letras do gauchismo. 

1974 – Por iniciativa de Glaucus Saraiva, é criada a Fundação Instituto Gaúcho de tradição e Folclore, incorporando o acervo do ITF ( Instituto de Tradição e Folclore), que estava com suas atividades paralisadas desde alguns anos.

CTG Tropilha Farrapa realiza 1º Carreteiro de Tacho com troca de prendado


O CTG Tropilha Farrapa, de Lajeado - 24ª RT, promove o 1º Carreteiro de Tacho e Fandango com posse da nova gestão de Prendas e Peões da Entidade no dia 12 de agosto, a partir das 20h 30min.

A animação do baile fica por conta do Grupo Os Buenachos, de Santa Cruz do Sul, e os cartões podem ser adquiridos com membros da entidade e patronagem.

Gestão 2016/2017 que se despede dos encargos

Os cartões para a janta estão a venda pelos seguintes valores:
R$ 15,00 - sócio em dia
R$ 18,00 - não sócio
R$ 10,00 - crianças de 07 a 12 anos

Para quem quiser prestigiar somente o fandango os ingressos serão vendidos após a janta ao valor de R$ 10,00 por pessoa.

Esperamos por vocês!!!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Palavra da Prenda: Eduarda Hartwig

É com muita alegria que hoje voltamos com a séria de publicações intituladas "Palavra de Prenda/Peão", onde tradicionalistas podem expor suas experiências, sonhos, angústias... é uma fonte totalmente aberta para falamos sobre tradicionalismo!

Divida conosco a tua trajetória e os teus pensamentos! Te receberemos com muito carinho!!!

E neste momento vamos contar com a participação de Eduarda Hartwig, uma prenda cheia de sonhos e encantamento, que vai nos contar um pouquinho sobre a sua história.


“O sonho galopava a juventude
E o campo era um palco iluminado
Quando o dia abria as suas cortinas
Para outra cena de contos e quimeras...
No seu mundo, embora bem pequenininho,
Cabia um outro mundo dentro dele,
Porque o coração sonhador de uma menina
Rebusca os personagens da utopia
Para os papéis principais que a vida inventa!”

Saudações tradicionalistas, sou Eduarda Hartwig, gaúcha Camaquanse estudante, e tradicionalista.

Minha família é de origem pomerâna, e não são tradicionalistas, minha participação iniciou-se aos sete anos, pois eu não tinha conhecimento desta grandiosa cultura, mas quando assisti uma apresentação de uma invernada foi amor à primeira vista, assim pedi para minha mãe para participar também e ela ficou muito feliz, então ela prontamente permitiu pois pensando em um futuro melhor tanto pra mim como para minha irmã mais nova Isabela.

Desde então venho participando sempre das invernadas, comecei na mirim do CTG Rodeio da Tradição, onde conquistei os encargos de prenda mirim e juvenil, no ano de 2015 comecei a participar da invernada mirim do GF Os Guapos de Camaquã, assim após um ano concorri novamente como prenda juvenil, conquistando o primeiro lugar, assim meu objetivo era a tão sonhada “Ciranda Regional”, foi um ano de preparação, estudos, ensaios, eventos promovidos e participados, diversos aprendizados, amizades que levarei eternamente.

Este último ano que se passou foi um ano de muitas dificuldades, mas foi o ano que sonhei como nunca.

Atravessei o Rio Grande, conheci a minha maior inspiração Tassya, aprendi e compartilhei, e o tão esperado junho chegou. O coração bateu mais forte, pois pela primeira vez eu estaria concorrendo a prenda regional, a pressão foi grande, mas saber que a minha entidade estava vibrando comigo me fez brilhar... Recebi lindas e emocionantes homenagens.

E sim tornei meu maior sonho realidade, hoje estou no encargo de Primeira Prenda Juvenil da 16° Região Tradicionalista. E novas metas surgem, como muitas prendas irei participar no ano que vem da Ciranda Estadual, mas esta será especial pois não estou sonhando sozinha e sim com pessoa maravilhosas. Durante minha caminhada só tenho a agradecer a pessoas que foram essências! Meu eterno muito obrigada! Hoje sou uma menina realizada, mas minha caminhada foi suada, tenho o imenso orgulho de dizer que sou uma eterna sonhadora, uma aprendiz!

Muito obrigada pela oportunidade!

Com carinho Eduarda Hartwig, Primeira Prenda Juvenil da 16° Região Tradicionalista.

Álbum de fotos:







Parabéns Eduarda por esta conquista tão linda! Que teu caminho seja repleto de realizações!!!
Obrigada por mais uma vez estar aqui no Cantinho dividindo conosco os teus sonhos.

Um beijo, e até a próxima!

Estuda, tchê: Instrumentos Musicais


CORDA 

Viola: O mais antigo instrumento musical do estado. A viola é uma guitarra de seis cordas duplas (12 cordas);
 
Violão: Introduzido no RS durante a Guerra do Paraguai (1865 a 1870), possui seis cordas de náilon ou de aço;

Rabeca: Violino fabricado e tocado de forma folclórica. A execução é a mesma que o violino, mas o instrumento é apoiado no braço ou ombro, e não no queixo. Muito utilizada no litoral norte;

Paleta de ovelha: Pegava-se uma paleta de ovelha e nela se colocavam fios de borracha, funcionando como uma pequena harpa de mão. 

PERCUSSÃO 

Tambor: Aparece nos Ternos de Reis, no ensaio de Mostardas, nos Maçambiques de Osório e rituais afro-gaúchos;

Triângulo: Usado basicamente nos Ternos de Reis;

Pandeiro: Árabe ou turco, marca o ritmo nos fandangos gaúchos;

Agê: Piano de cuia, de origem africana. É usado como chocalho. 

SOPRO

Carona enrolada: Era uma espécie de corneta com som rouco e lamentoso, assim como o berrante dos boiadeiros paulistas;

Flauta: Instrumento de guri. Pode ser feita de taquara ou metal;

Gaita de boca: Um dos mais populares instrumentos gaúchos, usado pelo guri campeiro;

Pente-de-boca: Um pente comum, revestido de pape de seda, onde o tocar encosta-o nos lábios, soprando de maneira especial e modulando a música com a boca;

Gaita ou acordeão: Inventada por Damien Buschmann em 1829. A gaita de botão ou gaita ponto foi introduzida no RS durante a Guerra do Paraguai, e a gaita piano veio com os colonos italianos.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Rio de Janeiro, aí vamos nós!

Oi oi gente!!!

Conforme já divulguei neste post aqui, eu e alguns amigos estamos indo pro Rio de Janeiro fazer uma apresentação super bacana no Iate Clube da cidade *-*


O Show/Dança terá duração de uma hora e meia e vai contar com Danças Tradicionais, de Salão, Chula e Dança dos Facões! Vai ser demais! Tudo está sendo preparado com muita dedicação e amor ♥

Vamos embarcar amanhã, beeem cedinho! Quando vocês acordarem já estaremos voando... rsrs

Assim sendo, o blog vai ficar uns quatro diazinhos sem muitas atualizações diárias, não vou levar computador junto.... mas não deixem de passar por aqui! Programei uns posts que vão entrar de vez em quando! ;)

E pra que tu possas acompanhar mais de pertinho esta baita viagem, me siga nas redes sociais! Como uma boa viciadinha em internet é óbvio que vou divulgar várias fotos dos passeios e da apresentação por lá!
Te espero, heim!

Um beijo ;*

7º Cincerro da Arte Gaúcha e 2º FETRAG

Muitas e muitas divulgações por aqui *-*

Nos dias 11 a 13 de agosto acontece na cidade de Pelotas - 26ª RT o 7º Cincerro da Arte Gaúcha e 2º FETRAG, promovido pelo CTG Sinuelo do Sul.


As inscrições estão abertas pelo site: https://sinuelodosul.wordpress.com/ na aba "INSCRIÇÃO RODEIO 2017", até as 23h do dia 09 de agosto de 2017 e são limitadas.

Participe, Pelotas tchê espera!!!

terça-feira, 25 de julho de 2017

1º PREMIART acontece em outubro na cidade de Venâncio Aires


O CTG Erva Mate, juntamente com a 24ª Região Tradicionalista e a Prefeitura Municipal de Venâncio Aires convidam para o 1º PREMIART - Festival Artístico Pré-Mirim, que será realizado no dia 15 de outubro, no Parque Municipal do Chimarrão.

Os concursos serão:
- Danças Tradicionais
- Danças Gaúchas de Salão
- Intérprete Solista Vocal
- Chula
- Declamação

Terá troféu até 5º lugar e também, troféu rotativo!!!

Fique de olho na página - https://www.facebook.com/1Premiart/?fref=ts - para ficar por dentro de todas as novidades e informações a cerca do Festival.
Em breve será divulgado o regulamento!!!

Não deixe de participar!
Estes pequenos grandes tradicionalistas são o futuro do nosso Movimento ♥

segunda-feira, 24 de julho de 2017

CTG Erva Mate apresenta novas Prendas e Peões da entidade

Bom dia, amigos!!!

O CTG Erva Mate, da cidade de Venâncio Aires - 24ª RT, promoveu seu concurso interno de Prendas e Peões no último sábado, dia 22 de julho.

O resultado tu conferes aqui no Cantinho Gaúcho!


Prenda Bonequinha: Eduarda Tais Becker

Prenda Mimosa: Jennifer Marina da Silva Schonarth
Prenda Mimosa: Luiza da Silva Fagundes

1ª Prenda Pré Mirim: Anna Carolina Storch Haupt
2ª Prenda Pré Mirim: Francieli Aline Becker 
3ª Prenda Pré Mirim: Isadora Beatriz Avelar 

1ª Prenda Mirim: Ana Júlia dos Santos
2ª Prenda Mirim: Ana Júlia Heck Santos 

1ª Prenda Juvenil: Ane Caroline Schuh Debald
2ª Prenda Juvenil:Sinara Stoll 

1ª Prenda Adulta: Marina Mayer
2ª Prenda Adulta: Júlia Seidel

1ª Prenda Veterana: Kerlen Correa Teixeira

Bebezito: Miguel Francisco Mendonça
Dente de Leite: Davi Eduardo Stein
Piazinho: Gabriel Ruwer Padilha
Piazito: Luis Felipe Neves 

Piá Farroupilha: Aderson Ariel Schuh Debald
Guri Farroupilha: Arthur Sulzbacher Montenegro
Peão Farroupilha: Vinicius Schmitz da Silva

Parabéns à nova gestão!
Que seja um ano especial, repleto de conquistas e aprendizados sem fim.
Parabéns pela conquista, e contem sempre comigo!!!

Um forte abraço ;*

Nova gestão de Prendas e Peões do CTG Carreteiros da Saudade

O CTG Carreteiros da Saudade - Pantano Grande / 5ª RT, definiu neste final de semana a nova Gestão de Prendas e Peões que representarão a entidade até 2018.


A nova gestão é composta pelas seguintes prendas e peões:

1ª Prendinha: Laura Soares Balen 

1º Piazito: Murillo dos Santos de Moura 
2º Piazito: Ícaro dos Santos de Moura 

1ª Prenda Mirim: Ana Luiza Silveira Seidel 

1ª Prenda Juvenil: Renata Eidt Schiedeck 
2ª Prenda Juvenil: Juliana Machado da Silva 

1º Guri Farroupilha: Guilherme Petry 

1ª Prenda: Camilla Eidt Schiedeck 
2ª Prenda: Thaliane Carvalho de Oliveira 

1ª Chinoca: Marcieli Borba Soares

Parabéns a todos! Desejo muito aprendizado, amizades, e uma trajetória de muito sucesso!!!

XV Juvenart - Classificados para a fase 3


E aconteceu neste final de semana as Fases 1 e 2 do XV Juvenart, na cidade de Santa Maria - 13ª RT!

Os 10 grupos que garantiram a sua classificação para a 3ª etapa, foram:

1º - CTG Negrinho do Pastoreio - Caxias do Sul - 25ª RT
2º - CTG Tarumã - São Gabriel - 18ª RT
3º - GAN Anita Garibaldi - Encantado - 24ª RT
4º - CTG Laço da Amizade - Gravataí - 1ª RT
5º - CTG Estancia do Chimarrão - Cachoeira do Sul - 5ª RT
6º - CTG Tiarayu - Porto Alegre - 1ª RT
7º - GTCN Velha Carreta - Caxias do Sul - 25ª RT
8º - CTG Sentinela da Querencia - Erechim - 19ª RT
9º  - CTG Charrua - Foz do Iguaçu/Paraná
10º - CTG Osorio Porto - Passo Fundo - 7ª RT

Suplente: CTG Osorio de Assis - Fontoura Xavier - 14ª RT
Suplente: CTG Pialo da Saudade - Gravataí - 1ª RT
Suplente: CTG Desgarrados da Querencia - 30ª RT
Suplente: CTG Aldeia Farroupilha - Farroupilha - 25ª RT
Suplente: CTG Ultima Tropeada - Guaporé - 11ª RT
Suplente: CTG Herança Paternal - Dom Pedrito - 18ª RT

Parabéns a todos!!!

CTG Querência do Arroio do Meio apresenta nova gestão de Prendas e Peões

Bom dia, bom dia!

Continuando com a divulgação dos resultados de Concursos Internos de Prenda e Peão de algumas entidades da 24ª RT que já os realizaram, hoje vamos apresentar a nova Gestão de Prendas e Pões do CTG Querência do Arroio do Meio:


1ª Prenda - Cinthia Goettens
2ª Prenda - Júlia Gabriela Rodrigues

1ª Prenda Juvenil - Anita Glória Rempel Fontana
2ª Prenda Juvenil - Micaela Aline Schossler

1ª Prenda Mirim - Laura Carolina Rauber
2ª Prenda Mirim - Stéfany Caroline Schneider

Prenda Dente de Leite - Isabel Jung Scheid
Piazito Dente de Leite - Bernardo Steffens Fleck

1ª Prenda Veterana - Haícha Jardim Mariano
1º Peão Veterano - Mateus Cesar Mariano

1º Peão Farroupilha - Júlio Delazeri
2º Peão Farroupilha - Douglas Mallmann

1º Guri Farroupilha - Erick Nathan Erthal
2º Guri Farroupilha - Gabriel Volk Nascimento

1º Piá Farroupilha - Gabriel Bersch Schmidt
2º Piá Farroupilha - Feipe Arthr Schneider
Meus desejos de muito sucesso à nova gestão!
Que seja um ano de muito aprendizado e conquistas... 
e quero ver vários de vocês na fase Regional em 2018! Contem com meu apoio.

Um abraço... e até logo ;)

sexta-feira, 21 de julho de 2017

GAN Anita Garibaldi realiza Concurso de Prendas

Bom dia!!!

Já iniciaram aqui pela região os concursos internos de prenda e peão... e é claro que o Cantinho Gaúcho ajuda a divulgar o belíssimo trabalho realizado em diversas entidades, através de seus Departamentos Culturais!

Vamos conhecer agora as prendas que compõe a gestão 2017/2018 do Grupo de Artes Nativas Anita Garibaldi, da cidade de Encantado - 24ª RT!


1ª Prenda Pré-Mirim - Antonella Pasetti
2ª Prenda Pré-Mirim - Milena Mafalda Santos

1ª Prenda Mirim - Pollyana Leites
2ª Prenda Mirim - Isabele Luft

1ª Prenda Juvenil - Cristini Zilio

Parabéns meninas por aceitarem o grande desafio que é carregar uma faixa no peito!
Que seja um ano repleto de união, aprendizados, viagens e muitas conquistas.
Podem contar comigo nesta linda caminhada.

Um beijo, e até mais ;*

Acampamento Farroupilha: MTG organizará as comemorações e a prefeitura fiscalizará as atividades


A assinatura do termo de permissão de uso do Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Harmonia) para o Acampamento Farroupilha 2017 foi realizada na tarde desta terça-feira, dia 18, no Paço Municipal. Sem aporte de recursos por parte do município, o termo permite que o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) organize as comemorações da festa que promove a cultura gaúcha.

A cerimônia contou com a participação do prefeito Nelson Marchezan Júnior, do vice-prefeito Gustavo Paim, do presidente do MTG, Nairioli Callegaro, do Coordenador da 1ª Região Tradicionalista Luis Henrique Lamaison e dos secretários da Cultura, Luciano Alabarse, e do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, Maurício Fernandes. De acordo com o termo de permissão, entre outras determinações, caberá ao município a fiscalização das atividades e também o acompanhamento do evento para que não ocorram danos ao meio ambiente.

Já o MTG ficará com a responsabilidade de planejar e gerir o Acampamento Farroupilha. “Esse momento da assinatura é importante pois conclui o esforço da sociedade junto à prefeitura para a construção do Acampamento Farroupilha dentro da legalidade”, diz o presidente do MTG, Nairioli Callegaro.

Com recursos financeiros limitados, devido à grave crise pela qual a prefeitura passa, e devido a apontamentos feitos pelo Ministério Público sobre o repasse feito em anos passados para a festa, a prefeitura propôs o termo para regular e profissionalizar o evento.

Com informações da Assessoria 
de Imprensa Prefeitura Municipal

Fonte: MTG

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Abertas inscrições para a 3ª edição do Prêmio MTG de Jornalismo


O Movimento Tradicionalista Gaúcho abriu inscrições para a terceira edição do Prêmio MTG de Jornalismo

Poderão concorrer trabalhos jornalísticos veiculados em TVs, jornais, revistas, rádios, sites, blogs e fanpages, que se destaquem por ineditismo e/ou originalidade da abordagem do tradicionalismo gaúcho; pela consistência na divulgação e cobertura dos fatos tradicionalistas; capacidade de traduzir os fatos tradicionalistas para o leitor; pela contribuição para preservação da memória do tradicionalismo gaúcho; e contribuição para uma reflexão sobre a figura folclórica e simbologia do gaúcho.

Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, a entrega dos troféus será realizada no Acampamento Farroupilha, em Porto Alegre, durante o mês de setembro.

O formulário para inscrições está disponível no link: 
Fonte: MTG

Feliz Dia do Amigo ♥

Hoje, 20 de julho, é o Dia Internacional do Amigo!

Estampa da Tradição Fotografia

E como tradicionalismo é quase um sinônimo da palavra amigo, vamos relembrar hoje com muito carinho a música do eterno Rui Biriva, Canção do Amigo.

Os amores, qual as flores, são encantos passageiros
Em chegadas e partidas, mas te digo companheiro, amigo é pra toda vida
Todo amor cobra seu preço, brilha mas se despedaça
Beija e deixa cicatrizes, porém as horas felizes o amigo traz de graça

Amizade, amizade, é dom divino da paz
É poesia e violão cantando a mesma canção, com duas vozes iguais
São os diamantes da vida que brilham nos olhos da gente
Um amigo é para sempre, um amigo é para sempre

É um duende, é uma fada, é nosso anjo da guarda
A mãe, o pai, o filho, a eterna mão abençoada sempre estendida ao auxílio
Quando mesmo Deus nos falta, mesmo assim está presente
Pois se a gente leva um tombo, o amigo empresta o ombro e chora junto da gente

Amizade, amizade, é dom divino da paz
É poesia e violão cantando a mesma canção com duas vozes iguais
São os diamantes da vida que brilham nos olhos da gente
Um amigo é para sempre, um amigo é para sempre...

Aos meus queridos amigos, meu fraterno abraço.
Agradeço a Deus por tê-los colocado em meu caminho ♥

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Acendimento da Chama Crioula 2017 acontece em Mostardas

Nos dias 10, 11 e 12 de agosto, a cidade de Mostardas - 23ª RT, recebe o Acendimento da Chama Crioula 2017.


Com realização do Movimento Tradicionalista Gaúcho, 23ª Região Tradicionalista e Prefeitura Municipal de Mostardas, o evento contará com vasta programação, conforme segue:

10/08 - Quinta-feira
9h - Recepção das Cavalgadas
Entrada e montagem das estruturas, feirantes alojamentos, e acampamentos no CTG Tropeiros do Litoral e Parque de Exposições José Terra Machado. Credenciamento e orientações.
20h - Final do Concurso Literário no Auditório Mathias Azambuja Velho.

11/08 - Sexta-feira
10h - Geração da Chama na Pedra de Anita - Local de nascimento de Menotti Garibaldi
11h - Cavalgada de São Simão à cidade de Mostardas
13h - Almoço - Sol Nascente / Recepção da centelha no Palanque Oficial
14h - Apresentações artísticas no Ginásio Municipal
17h - Saída da centelha ao Parque do CTG Tropeiros do Litoral
19h - Apresentações Artísticas no Parque do CTG Tropeiros do Litoral

12/08 - Sábado
8h - Recepção e credenciamento
9h - Abertura oficial da Distribuição da Chama Crioula 2017
10h - Ato solene de distribuição da Chama Crioula 2017
12h - Almoço

Participe!!! ;*

terça-feira, 18 de julho de 2017

Prendas e Peões da 24ª RT realizam projeto "Prendado Itinerante"

A Gestão de Prendas e Peões da 24ª Região Tradicionalista apresentou hoje o projeto denominado "Prendado Itinerante", que tem como objetivo incentivar os integrantes dos Departamentos Culturais das entidades da região a participarem da Ciranda Cultural de Prendas e do Entrevero Cultural de Peões.

Eles estão se disponibilizando a visitar as entidades da região a fim de realizar rodas de conversa com patronagem, prendas, peões, e suas famílias para explicar a respeito destes concursos culturais, bem como demonstrar as provas realizadas. Além disso, ainda irão falar sobre as suas experiências nos encargos regionais e também, tirar dúvidas sobre a preparação para o concurso.

A Gestão se coloca a disposição para auxiliar a todos, porém, é necessário fazer agendamento. Os encontros podem ser antes ou depois dos concursos internos, conforme preferência de cada entidade.

Os agendamentos devem ser realizados com a Coordenadora Artístico-Cultural da 24ª RT, Luce Carmen.


Parabéns à gestão pela iniciativa!
Que sirva de modelo para outras RTs :)

Um abraço bem forte... e até a próxima ;*

1º Piá Farroupilha da 24ª RT - Arthur Ferreira

Dia de conhecermos mais um dos representantes da 24ª RT, que em abril de 2018 estará participando do Entrevero Estadual de Peões, na cidade de Novo Hamburgo.

Ele é Arthur Ferreira, 1º Piá Farroupilha da 24ª Região Tradicionalista!!!


1. Arthur, nos fale um pouco sobre você... nome, idade, onde estuda, entidade que representa...
Meu nome é Arthur Ferreira, tenho 10 anos, estudo no 5º ano B da EMEF Alfredo Scherer e represento o CPF Terra de Um Povo, da cidade de Venâncio Aires.

2. Como iniciou no tradicionalismo, e como se deu a decisão de representar a tua entidade e a região como Piá Farroupilha?
Na verdade, nasci no meio tradicionalista. Participei com a minha família desde muito pequeno, brincava pelo galpão durante os ensaios das invernadas. Andava de cavalo no colo do meu pai e do irmão, imitava os dançarinos... Participei da primeira cavalgada com 4 anos, comecei declamar no rodeio também com 4 anos, antes eu já sabia as poesias do Gabriel quase de cor e falava as poesias no banho, minha mãe tem gravado, e na invernada comecei depois, já tinha seis anos. Em 2013, fui Piazito do CPF Terra de Um Povo e depois fui Piazito da 24ª RT. Sempre acompanhei os eventos e então fui convidado pra ser Piá da entidade, logo eu quis, mas pensei um pouco quando foi pra ir pra região, pois teria muito mais compromissos. Com a ajuda da minha família e de algumas pessoas e de novo o exemplo do mano, aceitei o desafio. Quase pensei em desistir, fiquei nervoso nos dias antes, mas como tinha assumido, eu fui.




3. Nesta tua caminhada como tradicionalista, já participaste outras vezes de entreveros... desde muito pequeno. Ao longo desta trajetória, tem algum tradicionalista que é exemplo pra ti? Alguém te marcou, te ajudou?
Sim, já fui Piazito Farroupilha da minha entidade e da 24ª RT. A primeira vez, vi todo mundo chorando na minha apresentação e eu chorei também. Tenho uma pessoa muito especial, um grande exemplo para mim, meu amigo e irmão Gabi. O Gabriel Ferreira, que também iniciou muito cedo como eu, hoje é o atual 3º Guri Farroupilha do RS. Além de meus pais, que são pessoas que me apoiam e que eu admiro muito.


4. A algumas semanas atrás recebeste o título de 1º Piá Farroupilha da região. Como foi a tua preparação para o concurso?
Minha preparação começou participando dos eventos, acompanhando minha família, ainda não tinha certeza que participaria do entrevero. Não mudou muito as coisas, eu gosto de ler sobre o tradicionalismo, na campeira meu pai e o Gabi me ajudaram, o mais difícil foi a artística, que a Manu me ajudou. Foram muitas leituras, mas não deixei de fazer as coisas do meu dia a dia. Dividi os estudos e os ensaios com a escola, o futebol e os brinquedos.



5. Quais as tuas expectativas pra este ano de gestão que inicia?
Que seja divertida, que um possa ajudar o outro e que possamos representar de uma forma bonita a 24ª RT por esse Estado. “Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe” (Clarice Lispector)

6. Novo Hamburgo te espera no 30º Entrevero Estadual de Peões, fase Estadual. Qual o teu principal foco neste ano de preparação, que deve ser bem intenso? Era um sonho pra ti, participar desta etapa?
Ainda não caiu a ficha que estou na fase Estadual! hahaha Para mim é um sonho, mas também um grande desafio. Vou precisar estudar muito, preparar a artística, treinar a campeira e participar de eventos. Isso exige muita dedicação e comprometimento para representar bem nossa região.




7. Por fim, peço que deixe uma mensagem incentivo a todos aqueles que carregam este sonho, muitos que irão concorrer em suas entidades nos próximos meses, inclusive...
Nunca pense que não vai conseguir antes de tentar, pois eu mesmo não esperava ser o 1º Piá e até pensei em desistir, mas meu sonho foi maior e o incentivo das pessoas ao meu redor foi muito importante. “Ninguém é tão pequeno que não possa aprender, nem tão pequeno que não possa ensinar” (Esopo)

Parabéns Arthur por esta caminhada tão bonita, apesar de tão pouca idade! Não tenho dúvidas de que o teu futuro no Movimento ainda te reserva muitas conquistas grandiosas! 
Te desejo muito sucesso e deixo com carinho os meus agradecimentos pela participação aqui no blog.
Abraços!

Nova Parceria: Mateadores do Pampa

Bom dia, bom diia, segunda!!!

Hoje iniciamos por aqui divulgando mais uma parceria pra lá de buena!!!

A loja Mateadores do Pampa, que vende artigos gaúchos como calçados, facas, indumentária, e é claro, tudo pra tu preparares aquele chimarrão bem especial, está aqui no Cantinho pra divulgar os seus produtos.

Os itens, que são de muito boa qualidade, estão a venda no site Mateadores do Pampa que tem frete grátis para todo o RS em compras acima de R$ 200,00!!!

Aqui vai apenas uma amostrinha de tudo que tu encontras por lá:

Botina em Couro Faixa Pampa Verde

Camisetas Polo Femininas e Masculinas

Bombachas Masculinas

Cuias pra todos os gostos

Mateiras lindas!

Camisas Femininas e Masculinas

Bombachas Femininas

Estes e muitos outros artigos estão a venda no site! Corre lá pra conferir!
O acesso pode ser feito clicando no banner ao lado direito das publicações, ou então neste link.

Os contatos para esclarecer quaisquer dúvidas são:

Os Mateadotes do Pampa tchê esperam!
Um forte abraço, e até logo ;)

segunda-feira, 17 de julho de 2017

​Abertas inscrições para Cfor Patronagem


O Movimento Tradicionalista Gaúcho realiza, no dia 19 de agosto, o Curso de Formação Tradicionalista voltado para patrões. O curso acontece em Fontoura Xavier, na 14ª Região Tradicionalista.

O CFor Patronagem tem por objetivo de externar esclarecimentos para todos os interessados em atuar ou que já estão atuando em algum caro de liderança, junto à entidade ou região tradicionalista. Os conteúdos abrangem História do Rio Grande do Sul e do Movimento Tradicionalista Gaúcho, Estrutura e Funcionamento do MTG e de Centros de Tradições Gaúchas, Responsabilidades Fiscais e Legais do CTG, Lei do Voluntariado, Gestão de Pessoas e Administração de Conflitos, Eventos e Protocolos: organização e desenvolvimento, e Indumentária Gaúcha.

O investimento é R$ 65,00 (sem refeições) e as inscrições podem ser feitas pelo link https://www.cursos.mtg.org.br/formulario-cfor-patronagem-14rt

Fonte: MTG

sexta-feira, 14 de julho de 2017

84ª Convenção Tradicionalista acontece em Lagoa Vermelha


O Movimento Tradicionalista Gaúcho realiza, no dia 29 de julho, no CTG Alexandre Pato, em Lagoa Vermelha, a 84ª Convenção Tradicionalista

Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, a Convenção Tradicionalista tem papel fundamental na revitalização do Movimento Tradicionalista, por reunir as principais lideranças e os jovens diretamente envolvidos com as principais atividades culturais realizadas no pago gaúcho. “Dos debates realizados nas Convenções resultam os rumos do Movimento, pois em suas plenárias decidem-se as normas que regem s relações internas e externas do MTG”, afirma.

A Convenção Tradicionalista é o órgão integrado pelos membros do Conselho Diretor, Conselho de Vaqueanos, Junta Fiscal, Conselheiros Beneméritos e Coordenadores Regionais, que reúne-se ordinariamente, todos os anos, no mês de julho, em local fixado na Convenção anterior ou por convocação extraordinária.

A primeira Convenção Tradicionalista foi realizada no ano de 1968, no CTG “Invernada do Chapadão”, em Jaguari, 10 ª Região Tradicionalista.

Fonte:

29º Rodeio Artístico Regional da 24ª RT - Resultado

Bom dia, bom dia!!!

No último final de semana aconteceu o 29º Rodeio Artístico Regional da 24ª RT, que também é a etapa classificatória para a Inter-Regional do Enart.

Durante todo o sábado e o domingo, centenas de crianças, jovens e adultos participaram das mais diversas modalidades, representando suas entidades e abrilhantando ainda mais o evento que culminou no fim da noite de domingo, após as apresentações das Invernadas Artísticas, com a divulgação dos resultados.


Resultado do 29º Rodeio Artístico Regional

Violão Mirim
1º. Vinicius Agostini Gianezini - GAN Anita Garibaldi

Violão Juvenil
1º. Kelvin Cristiano Lasta - GAN Anita Garibaldi
2º. Eduarda Bagatini Echer - GAN Anita Garibaldi
3º. Vitória Zanon - GAN Anita Garibaldi

Violão Adulto
1º. Guilherme Patussi - GAN Anita Garibaldi
2º. Gustavo André Mattje - GAN Anita Garibaldi
3º. Bruno Grassi - CTG Giuseppe Garibaldi
4º. Arthur Sulzbacher Montenegro - CTG Erva Mate
5º. Felipe Fengler Hickmann - CTG Chaleira Preta
6º. Jonatan Stumm da Silva - CTG Chaleira Preta
7º. Lucas Zarth Lenz - CTG Chaleira Preta
8º. Valentina Castilhos - CTG Giuseppe Garibaldi
9º. Gabriel Felipe Kauffmann - DTG Piazito da Tradição
10º. Gabriel Schumann - DTG Piazito da Tradição

Violão Xirú
1º. Aventino Rosa - GAN Anita Garibaldi
2º. Tarciso Lenz - CTG Chaleira Preta

Viola Categoria Única
1º. Alexandre de Paula Leite - CTG Porteira dos Pampas
2º. Vinicius Agostini Gianezini - GAN Anita Garibaldi

Gaita Piano Pré-Mirim
1º. Bruno Bathista Sleifer Salini - GAN Anita Garibaldi

Gaita Piano Mirim
1º. Luis Felipe Dalpian da Rocha - GAN Anita Garibaldi
2º. Kauã Lorenzon - CTG Giuseppe Garibaldi
3º. Bruno Henrique Perdomo de Oliveira - CTG Tropilha Farrapa
4º. Vinicius Agostini Gianezini - GAN Anita Garibaldi

Gaita Piano Juvenil
1º. Matheus Sieben Majolo - GAN Anita Garibaldi
2º. Gabrielli Lorenzon - GAN Anita Garibaldi
3º. Érick Henzde Maman - CTG Paixão Cortes

Gaita Piano Adulto
1º. Willian Grassi - CTG Giuseppe Garibaldi
2º. Adroaldo Luis Calvi - CTG Giuseppe Garibaldi
3º. Maurício Selvino - CTG Paixão Cortes

Gaita Piano Xirú
1º. Tarciso Lenz - CTG Chaleira Preta
2º. Antônio Francisco Teló - GAN Anita Garibaldi

Gaita Botão Até 8 Baixos Juvenil
1º. Pedro Bedinoto Lucca - GAN Anita Garibaldi

Gaita Botão Até 8 Baixos Xirú
1º. Luciano André Lucca - GAN Anita Garibaldi

Gaita Botão Mais de 8 Baixos Juvenil
1º. Pedro Bedinoto Lucca - GAN Anita Garibaldi

Gaita de Boca Categoria Única
1º. Aventino Rosa - GAN Anita Garibaldi
2º. Celto Pedro Dalla Vecchia - GAN Anita Garibaldi
3º. Antônio Francisco Teló - GAN Anita Garibaldi

Violino ou Rabeca Categoria Única
1º. Cristine Vasconcelos - CTG Querência do Arroio do Meio

Conjunto Instrumental
1º. GAN Anita Garibaldi

Conjunto Vocal
1º. CTG Chaleira Preta
2º. GAN Anita Garibaldi
3º. CTG Porteira dos Pampas

Intérprete Solista Vocal Feminino Pré-Mirim
1º. Vitória Cucioli Giacomolli - GAN Anita Garibaldi
2º. Tieme Berté Koshimizu - GAN Anita Garibaldi
3º. Ana Carolina Storck Haupt - CTG Erva Mate
4º. Valentina Padilha Marcelino - CTG Erva Mate

Intérprete Solista Vocal Masculino Pré-Mirim
1º. Augusto Pretto Troian - GAN Anita Garibaldi
2º. Angelo Costa Bianchi - GAN Anita Garibaldi
3º. Matheus Loeblein - CTG Chaleira Preta
4º. Bruno Bathista Sleifer Salini - GAN Anita Garibaldi
5º. João Vitor de Souza Mühl - CTG Porteira dos Pampas

Intérprete Solista Vocal Feminino Mirim
1º. Milena Thaís Roessler - CTG Erva Mate
2º. Ana Luiza Devitte - CTG Giuseppe Garibaldi
3º. Mariele Agostini - CTG Sentinela da Tradição
4º. Yasmin Schwabb - GAN Anita Garibaldi

Intérprete Solista Vocal Masculino Mirim
1º. Vinicius Agostini Gianezini - GAN Anita Garibaldi
2º. Nicolas Endrigo da Rosa Aquino - CTG Chaleira Preta
3º. Luis Felipe Dalpian da Rocha - GAN Anita Garibaldi
4º. Christian Loeblein - CTG Chaleira Preta

Intérprete Solista Vocal Feminino Juvenil
1º. Thais Eduarda Costa - GAN Anita Garibaldi
2º. Caroline Agostini Gianezini - GAN Anita Garibaldi
3º. Julia Pretto Troian - GAN Anita Garibaldi
4º. Eduarda Bagatini Echer - GAN Anita Garibaldi
5º. Julia Tainara Seidel - CTG Erva Mate
6º. Vitória Zanon - GAN Anita Garibaldi
7º. Nicoly Rangel Cardoso - CTG Chaleira Preta
8º. Anita Glória Rempel Fontana - CTG Querência do Arroio do Meio
9º. Isadora Catarina Moraes - CTG Chaleira Preta

Intérprete Solista Vocal Masculino Juvenil
1º. Matheus Sieben Majolo - GAN Anita Garibaldi

Intérprete Solista Vocal Feminino Adulto
1º. Talia Becker - CTG Tropilha Farrapa
2º. Thaís Lohmann - CTG Querência do Arroio do Meio
3º. Marla Louriane de Oliveira - CTG Chaleira Preta
*Resultado incompleto

Intérprete Solista Vocal Masculino Adulto
1º. Gustavo André Mattje - GAN Anita Garibaldi
2º. Guilherme Lermen Eggers - CTG Chaleira Preta
3º. Jessel Adriano de Souza - CTG Chaleira Preta
4º. Ariel Teló - GAN Anita Garibaldi
5º. Everton Rafael Ernesto Lopes - CTG Erva Mate
6º. Leandro de Bittencourt - CTG Chaleira Preta
7º. Mateus André Schwingel - DTG Piazito da Tradição
8º. Luis Gustavo da Silva Reincke - CPF Terra de um Povo
9º. Marlon Alan de Souza Santos - CTG Porteira dos Pampas

Intérprete Solista Vocal Feminino Xirú
1º. Vanessa Agostini Gianezini - GAN Anita Garibaldi
2º. Rosmeri Salete Costa - GAN Anita Garibaldi
3º. Lisâne Maria Stulp Freytag - CTG Chaleira Preta
4º. Rosangela da Rosa Aquino - CTG Chaleira Preta

Intérprete Solista Vocal Masculino Xirú
1º. Daniel Gianezini - GAN Anita Garibaldi
2º. Tarciso Lenz - CTG Chaleira Preta
3º. Luis Carlos Schwabb - GAN Anita Garibaldi
4º. Cacildo Alberi da Rocha - GAN Anita Garibaldi
5º. Luis Carlos Devitte - CTG Giuseppe Garibaldi
6º. Antônio Francisco Teló - GAN Anita Garibaldi

Chula Pré-Mirim
1º. Matheus Loeblein - CTG Chaleira Preta
2º. Pedro Pasetti Ongaratto - GAN Anita Garibaldi
3º. Arthur Vendramin Tramontini - GAN Anita Garibaldi
4º. Breno Vendramin Tramontini - GAN Anita Garibaldi
5º. Thiago Guilherme Keller - CTG Erva Mate
6º. Vitor Augusto da Silva - CTG Erva Mate
7º. Jonathan Arthur da Silva Schonarth - CTG Erva Mate
8º. Rafael Schuster - CTG Erva Mate

Chula Mirim
1º. Rafael Algayer Chaves - CTG Chaleira Preta
2º. Leonardo Teobaldi Vigolo - CTG Giuseppe Garibaldi
3º. Christian Loeblein - CTG Chaleira Preta
4º. Kauã Lorenzon - CTG Giuseppe Garibaldi
5º. Eduardo Augusto Meurer - CTG Chaleira Preta
6º. Gabriel Bombassaro Calvi - CTG Giuseppe Garibaldi
7º. Luis Eduardo Rodrigues da Silva - GAN Anita Garibaldi
8º. João Ricardo Viecelli - CTG Paixão Cortes
9º. Leonardo Gabriel Weiler - CTG Chaleira Preta
10º. Fabrício Valgoi Lorenzon - CTG Paixão Cortes

Chula Juvenil
1º. Nicolas Endrigo da Rosa Aquino - CTG Chaleira Preta
2º. Guilherme Mateus Hein Furst - CTG Erva Mate
3º. Luis Antonio Rossi Tomazzi - GAN Anita Garibaldi
4º. Carlos ismael da Silva - CTG Pousada dos Tropeiros
5º. Rafael Natan Lounai - CTG Pousada dos Tropeiros

Chula Adulto
1º. Maurício Selvino Delazeri CTG Paixão Cortes
2º. Lucas Gabriel Keller - CTG Erva Mate
3º. Lucas Zarth Lenz - CTG Chaleira Preta
4º. Hezequiel Simon da Silva - DTG Piazito da Tradição
5º. Leandro Dornelles da Silva - CTG Querência da Amizade

Chula Xirú
1º. Marcel Castolldi - GAN Anita Garibaldi
2º. Jonas Bernardes Bica - CTG Querência do Arroio do Meio
3º. Vagner Alves da Silva - GAN Anita Garibaldi
4º. Nauton Cassiano Chaves - CTG Chaleira Preta

Declamação Feminina Pré-Mirim
1º. Maria Eduarda Sleifer - GAN Anita Garibaldi
2º. Manuela Schwengber - CTG Cheleira Preta
3º. Antonella Bergamaschi Pasetti - GAN Anita Garibaldi
4º. Vitória Pezzini Coffere - GAN Anita Garibaldi

Declamação Masculina Pré-Mirim
1º. Willian Dalessandro Schwabb - GAN Anita Garibaldi
2º. Victor Naue da Cunha - CTG Chaleira Preta
3º. Luis Felipe Neves - CTG Erva Mate
4º. Jonathan Arthur da Silva Schinarth - CTG Erva Mate

Declamação Feminina Mirim
1º. Eloisa Bergamaschi - CTG Chaleira Preta
2º. Cristini Zilio - GAN Anita Garibaldi
3º. Amália Rempel Fontana - CTG Querência do Arroio do Meio
4º. Bárbara Heinen - CTG Querência da Mata
5º. Yasmin Schwabb - GAN Anita Garibaldi
6º. Antônia Bertamoni Belotti - GAN Anita Garibaldi
7º. Eduarda Vitoria Pessi - CTG Erva Mate

Declamação Masculina Mirim
1º. Arthur Ferreira - CPF Terra de Um Povo
2º. João Gabriel Graciola - GAN Anita Garibaldi

Declamação Feminina Juvenil

1º. Milena S. Zonatto - GAN Anita Garibaldi
2º. Bruna Thais Heinen - CTG Querência da Mata
3º. Carolina Terra Rosalen - GAN Anita Garibaldi
4º. Anita Glória Rempel Fontana - CTG Querência do Arroio do Meio
5º. Emília Bersch Schmidt - CTG Querência do Arroio do Meio
6º. Angela Dadalt - GAN Anita Garibaldi
7º. Micaela Aline Schossler - CTG Querência do Arroio do Meio
8º. Joana Bertamoni Belotti - CTG Querência do Arroio do Meio
9º. Paola Radaelli de Conto - GAN Anita Garibaldi

Declamação Masculina Juvenil
1º. Luis Fernando Bergamaschi - CTG Chaleira Preta
2º. Lucas Schneiders - GAN Anita Garibaldi
3º. Gabriel Ferreira - CPF Terra de um Povo

Declamação Feminina Adulta
1º. Isabela Capellari Hammes - GAN Anita Garibaldi
2º. Letícia Schmachtenberg - CTG Erva Mate
*Resultado Incompleto

Declamação Masculina Adulta 
1º. Eagro Henrique Brenner Muller - CTG Chaleira Preta
2º. Edison Luiz Azambuja Aquino - CTG Chaleira Preta
3º. Lucas Zarth Lenz - CTG Chaleira Preta
4º. Thayuã Adilson Rodrigues - CTG Querência da Amizade
5º. Douglas Rodrigues Kist - CTG Chaleira Preta
6º. Matheus André Henckes - DTG Piazito da Tradição
7º. Junior Rodrigues da Silva - CTG Porteira dos Pampas
8º. Almir Oliveira - CTG Tropilha Farrapa
9º. Adriano Miguel Rodrigues - DTG Piazito da Tradição
10º.  Carlos Ulisses de Vargas Moreira - DTG Piazito da Tradição

Declamação Feminina Xirú
1º. Lucia Aparecida Duarte - CTG Tropilha Farrapa
2º. Vivian Gisele Labres - CTG Tropilha Farrapa
3º. Catia Andrea de Oliveira - CTG Chaleira Preta
4º. Luciana Botassoli Cechim - GAN Anita Garibaldi
5º. Deise Cristiana da Silva Schwab - GAN Anita Garibaldi

Declamação Masculina Xirú
1º. Valentim Galarsa Silveira - CTG Chaleira Preta
2º. Luciano Schwengber - CTG Chaleira Preta
3º. Luis Carlos Schwabb - GAN Anita Garibaldi
4º. André Luiz Ziem - CTG Querência do Arroio do Meio
5º. Eagro Humberto Muller - CTG Chaleira Preta
6º. José Carlos Moraes - CTG Chaleira Preta

Pajada Categoria Única
1º. Carolina Terra Rosalen - GAN Anita Garibaldi
2º. Angela Dadalt - GAN Anita Garibaldi

Causos Gauchescos de Galpão Categoria Única
1º. Gustavo Ariel Schuler - CTG Chaleira Preta
2º. Fabiano de Souza Costa - GAN Anita Garibaldi
3º. Verônica Teló Moresco - GAN Anita Garibaldi
4º. Oli Joaquim Franco - CTG Chaleira Preta
5º. Elton Antonio de Borba - CTG Pagos de São Rafael
6º. Ivo José Rodrigues da Silva - GAN Anita Garibaldi
7º. Eagro Humberto Muller - CTG Chaleira Preta
8º. Valentim Galarsa Silveira - CTG Chaleira Preta
9º. Luis Henrique Bruxel - CTG Raízes do Sul
10º. André Luiz Ziem - CTG Querência do Arroio do Meio

Danças de Salão Pré-Mirim
1º. Matheus Loeblein e Amanda Oliveira Fagundes - CTG Chaleira Preta
2º. Pedro Pasetti Ongaratto e Vitoria Cucioli Giacomolli - GAN Anita Garibaldi
3º. Rafael Schuster e Betina Ruppenthal - CTG Erva Mate
4º. Victor Naue da Cunha e Luana Evartisto Schimuneck - CTG Chaleira Preta
5º. Angelo Costa Bianchi e Lia Augusto Timmen - GAN Anita Garibaldi
6º. João Pedro e Giulia Geloreti Dannenber - CTG Tropilha Farrapa

Danças de Salão Mirim
1º. Nicolas Endrigo da Rosa Aquino e Eloisa Bergamaschi - CTG Chaleira Preta
2º. Pedro Rosseti e Giovana Dannenberg - CTG Tropilha Farrapa
3º. Cassiano Cassiomani e Raissa Moura - CTG Tropilha Farrapa
4º. Felipe Castro e Eduarda Borges Alves - CTG Tropilha Farrapa

Danças de Salão Juvenil
1º. Daniel C. Soares e Aisha Crescencio - CTG Tropilha Farrapa
2º. Felipe Caliari da Rosa e Thaissa Freitas Bomm - CTG Tropilha Farrapa
3º. Bruno Henrique Perdomo de Oliveira e Tábata Finke - CTG Tropilha Farrapa
4º. Luiz Eduardo Alvez e Caroline Austria dos Santos - CTG Tropilha Farrapa
5º. Lucas Scheneiders e Angela Dadalt - GAN Anita Garibaldi
6º. Vinicius Gabriel da Rosa e Carol Alexsandra dos Santos - CTG Erva Mate

Danças de Salão Adulto
1º. Matheus de Freitas Bomm e Renata Presser - CTG Tropilha Farrapa
2º. Luis Fernando Bruxel e Monica Wermeier - GAN Anita Garibaldi
3º. Ramon Royer e Michele Dreyer Amorim - CTG Tropilha Farrapa
4º. Alexandre do Nascimento e Natascha Karlinski - GAN Anita Garibaldi
5º. Augusto Vargas Pessi e Alexia Nicolini - DTG Herança Maragata
6º. Robson Klunk e Tuani Cezar Daniel - CTG Querência da Amizade
7º. Douglas Rodrigues Kist e Letícia Schuler - CTG Chaleira Preta
8º. Bruno de Maman e Luiza Marina Dalmoro - CTG Paixão Cortes
9º. Diego Teotônio Goethel e Letícia Schmachtenberg - CTG Erva Mate
10º. Jeferson Valente e Mariele Zarth - CTG Raízes do Sul
11º. Kacian Daroit Rafael da Silva d Lais Rabaiolli Giongo - CTG Giuseppe Garibaldi
12º. Lucas Moura e Barbara Guaragni - CTG Giuseppe Garibaldi
13º. Gabriel Ferreira e Ana Paula de Oliveira - CPF Terra de Um Povo

Danças de Salão Xirú
1º. Andreas Finke e Ana Cristina Finke - CTG Tropilha Farrapa
2º. Claudio Rehnein e Marli Lucia Andres - CTG Tropilha Farrapa

Danças Tradicionais Pré-Mirim
1º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
2º. CTG Erva Mate - Venâncio Aires
3º. CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado
4º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
5º. CTG Sentinela da Tradição - Muçum
6º. CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul
7º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado

Melhor coreografia de entrada
1º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
2º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
2º. CTG Sentinela da Tradição - Muçum
3º. CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado
4º. CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul
5º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado

Danças Tradicionais Mirim
1º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
2º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
3º. CTG Erva Mate - Venâncio Aires
4º. CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado
5º. CTG Sentinela da Tradição - Muçum
6º. CTG Rincão das Coxilhas - Teutônia
7º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado
8º. CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul

Melhor coreografia de entrada
1º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
2º. CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado
3º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
4º. CTG Erva Mate - Venâncio Aires
5º. CTG Sentinela da Tradição - Muçum
5º. CTG Rincão das Coxilhas - Teutônia
6º. CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul
7º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado

Danças Tradicionais Juvenil
1º. CTG Erva Mate - Venâncio Aires
2º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
3º. CTG Porteira dos Pampas - Teutônia
4º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
5º. CTG Querência do Arroio do Meio - Arroio do Meio
6º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado

Melhor coreografia de entrada
1º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
2º. CTG Erva Mate - Venâncio Aires
3º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
4º. CTG Porteira dos Pampas - Teutônia
5º. CTG Querência do Arroio do Meio - Arroio do Meio

Danças Tradicionais Adulta - Força A
1º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires

Melhor coreografia de entrada
1º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires

Danças Tradicionais Adulta - Força B
1º. DTG Piazito da Tradição - Venâncio Aires
2º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado
3º. CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul
4º. CTG Raízes do Sul - Lajeado

Melhor coreografia de entrada
1º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado
2º. CTG Querência da Amizade - Bom Retiro do Sul
3º. DTG Piazito da Tradição - Venâncio Aires

Danças Tradicionais Veterana/Xirú
1º. CTG Erva Mate - Venâncio Aires
2º. CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado
3º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
4º. CTG Querência do Arroio do Meio - Arroio do Meio
5º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
6º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado

Melhor coreografia de entrada
1º. GAN Anita Garibaldi - Encantado
2º. CTG Chaleira Preta - Venâncio Aires
3º. CTG Querência do Arroio do Meio - Arroio do Meio
4º. CTG Giuseppe Garibaldi - Encantado
5º. CTG Tropilha Farrapa - Lajeado

Parabéns a todos que participaram e ajudaram a fazer deste mais um grandioso evento!!!

Noite de Feijoada com Tertúlia no CTG Tropilha Farrapa


O Departamento Campeiro do CTG Tropilha Farrapa - Lajeado/24ª RT, realiza tradicional feijoada na noite de hoje.

A partir das 20h30min será servida a janta, e após haverá formatura de Curso de Danças de Salão e Tertúlia, animada pelo Grupo Lida Bruta.

Os cartões podem ser adquiridos com Integrantes do Departamento Campeiro, ao valor de R$ 20,00 adulto e R$ 12,00 crianças de 7 a 12 anos.

Tchê esperamos por lá!