quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Palavra de Prenda: Tauane Gisele Rinker

Bom dia, bom dia!!!

Vamos seguindo por aqui com mais publicações na série "Palavra de Prenda/Peão".
Estamos esperando a tua participação também... não deixe de contar pra gente a tua história, tuas ideias, e todo o teu amor pelo Rio Grande!

Vamos conhecer hoje Tauane Gisele Rinker, esta prendinha que vem lá da cidade de Parobé nos contar um pouquinho sobre a sua trajetória!


"Minha trajetória começou em 2014, na minha amada entidade CTG Querência Azaléia. Desde cedo eu já queria participar do tradicionalismo, mas minha mãe nunca tinha 'tempo' pra me levar em um CTG, e eu já não tinha mais meu velho pai junto à mim.

No início foi fácil, pois os ensaios eram pela manhã, e eu tinha duas amigas que me acompanhavam, mas no decorrer do tempo fui a única que restou e, mesmo sem ninguém, continuei dançando.

Passou-se então um ano e alguns meses, quando descobri que havia passado para a invernada Mirim, e foi aí que tudo complicou um pouco, mas como eu era insistente, continuei.

Um mês depois fui para a juvenil, quando tudo complicou de vez, eu era tímida, não conversava com ninguém, e como eu voltaria pra casa se não tinha amizade???

Isso mesmo... a pé, eram 23hrs eu estava chegando em casa, muitas vezes com chuva, mas com a proteção do Patrão lá de cima!


Iria concorrer a prenda Juvenil no ano de 2016, mas ocorreu alguns problemas e não consegui participar, mas hoje, com 16 anos e com muito orgulho represento minha entidade como 1ª Prenda. Nunca desisti, sempre fui persistente, teimei com minha mãe, até hoje em algumas ocasiões eu tenho que 'fugir' dela pra estudar sobre nosso Rio Grande do Sul, pra dançar, sempre tem um jeito, mesmo ouvindo 'isso não te leva a lugar nenhum','tu não vai conseguir',' isso não vai te dar futuro', mas eu sempre tenho na mente que NINGUÉM pode me roubar o conhecimento!

Mesmo com muitos problemas, eu abracei o tradicionalismo e não irei largar, e apesar de muitos motivos para desistir eu ainda estou de pé.
 
Creio que a família seja base de tudo, ela é muito importante no meio tradicionalista, e mesmo sabendo que minha família não me apoia, eu construí uma nova família, a família Querência Azaléia. É ela que me apoia em tudo, sou eternamente grata ao tradicionalismo por ter me proporcionado uma oportunidade dessas!

Cada vez que eu piso em um tablado, cada vez que damos nosso grito de guerra, quando eu danço, eu me sinto longe de todos os problemas, eu esqueço do mundo, me vejo livre, cada suor, cada lágrima que é derramada tem seu valor e sua história, tudo, exatamente tudo valerá a pena.


Se tua família te apoia, valorize muito isso, porque é fundamental na vida! Jamais perca tua essência, por mais que haja desmotivação, saiba que tu consegue alcançar teus sonhos, mas nunca, em hipótese nenhuma desista!

Sei que eu terei minha família, e que eu poderei dar a ela tudo o que não ganhei!
Viva ao tradicionalismo!
Tauane Gisele Rinker,
1ª Prenda do CTG Querência Azaléia."

Tauane, fico muito emocionada e lisonjeada em conhecer histórias como a tua.
Tu representas toda a garra, disposição e amor que o nosso Rio Grande merece, e são tradicionalistas como tu que escreverão os próximos cinquenta anos do nosso Movimento.
Parabéns por toda a tua persistência! Torço muito para que tua família saiba um dia te valorizar como a grande tradicionalista que és. Não desista NUNCA!

Um beijo.

3 comentários:

  1. Minha pupila, minha prenda! Orgulho imenso em ser tua coordenadora cultural irmã mais velha emprestada. Seguimos juntas nesse teu sonho que também é o meu. A familia Querência Azaléia estará sempre junto de ti.

    ResponderExcluir
  2. Tauane sempre impressionando nossa entidade, parabéns, oq tenho agr é orgulho pq vc é a prenda que eu me inspiro que tanto amo, Tau parabéns por tudo, tudo que faz, tudo que fez, e o que faz por nossa entidade mto orgulho de vc e mto obrigada. Te amooooo minha prenda.

    ResponderExcluir
  3. Q história linda e emocionante de puro amor ao tradicionalismo. Continua firme e forte sempre seguindo o teu sonho. Não desanime jamais, Deus te honrará sempre porque és merecedora

    ResponderExcluir